• Pesquisar:

Menu superior



Vias Seguras / Eventos / “Mazamet, ville morte” (cidade morta)





“Mazamet, ville morte” (cidade morta)

Na França, em 1973, uma ação de conscientização contra a violência no trânsito

Na França, na época da reconstrução depois da guerra de 1940-1945, a frota de veículos cresceu muito rápidamente e, com ela, o número anual de mortos no trânsito, que chegou à 17.000 no ano 1972. Comparado à população, que era de 52 milhões naquele ano, isto representa um índice de 32,7 mortos por 100.000 habitantes, 50% acima do índice atual no Brasil.

 

Felizmente, o país reagiu e muitas medidas foram tomadas, de tal forma que o número anual de mortos passou de 17.000 em 1972 para 3.500 em 2015 (foi dividido por cinco). Assim, apesar de um aumento da população de 52 para 66 milhões de habitantes no mesmo período, o índice de mortos em relação à população passou de 32,7 mortos por 100.000 habitantes para 5,3 (foi dividido por seis).

mazamet2.R1

Entre as ações que foram à origem desta mudança radical, houve um evento espetacular na pequena cidade de Mazamet, no suleste do país, cuja população era, em 1972, aproximadamente de 17.000 habitantes, o número anual de mortos no país. As autoridades convocaram a imprensa nacional e pediram à todos os habitantes que eles deitassem nas ruas como se tivessem sido vítimas de acidentes (foto). Isto deu imagens que ainda estão gravadas na memória de muitos franceses, especialmente entre os responsáveis pela segurança do trânsito.

palavras-chave: Mazamet, Conscientização, violência, trânsito, segurança