• Pesquisar:

Menu superior







Freios em mau estado, uma constante

Quase a metade das motos examinadas no Motocheck-up apresentou desgaste no sistema de freio traseiro e uma em cada três tinha problemas no freio dianteiro.

Artigo publicado pelo Senado na revista « Em discussão », em número especial, com título « Explosão de motos e mortes » de Novembro 2012 (página 49).

Freios_em_mau_estado_uma_constante-fig01

A maior evidência de que uma fiscalização mais rigorosa poderia reduzir consideravelmente o número de motociclistas acidentados no país é a estatística registrada nas 15 edições do Motocheck-up, evento promovido em parceria pela Abraciclo e pelo Ministério das Cidades. Foram examinadas mais de 28 mil motocicletas desde 2008. Quase a metade delas apresentou desgaste no sistema de freio traseiro e uma em cada três tinha problemas no freio dianteiro, proporções muito altas quando se trata de segurança.

“O Motocheck-up é um programa que observa 21 itens de segurança das motocicletas, gratuitamente, passando noções de pilotagem defensiva, além de conscientização sobre o respeito no trânsito. O que encontramos nas 15 edições é assustador: 45% dos defeitos das motocicletas verif icadas envolviam o freio traseiro e 37%, o dianteiro. Isso é inadmissível”, relatou José Eduardo Gonçalves, diretor executivo da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

A 16ª Edição do Motocheck-up foi realizada na semana seguinte ao seminário promovido pelo Senado, em Brasília. Compareceram 1.521 motociclistas e, destes, 25% apresentaram problemas no freio traseiro, 22.7% no nível do óleo e 17,3% no pneu traseiro.

Freios_em_mau_estado_uma_constante-fig02

“Na fiscalização, em 2010, 6.468 motocicletas irregulares foram para o pátio [do Detran], por falhas em equipamentos, pneus, licenciamento, setas etc. Já em 2011, esse número saltou para 34 mil motos apreendidas na cidade de São Paulo, um aumento de 400%”, revelou Rodrigo Silva, consultor do Sindimoto-SP.

A senadora Ana Amélia defendeu incremento nas campanhas do governo federal para o setor, associadas a um maior rigor dos órgãos de controle do trânsito.

“A fiscalização é importante, para ver se o veículo está com a manutenção necessária. Foi mostrado aqui o alto percentual de veículos com freios dianteiros e traseiros em mau funcionamento. A falta de manutenção do veículo é um fator de acidente”, defendeu a senadora gaúcha.

Freios_em_mau_estado_uma_constante-fig03

Para continuar a leitura, clique aqui

Para voltar no início do documento, clique aqui

Para baixar a revista em formato pdf, clique aqui.

palavras-chave: moto, freio, manutenção