• Pesquisar:

http://imrdsoacha.gov.co/silvitra-120mg-qrms

Vias Seguras / Os acidentes / Estatísticas / Estatísticas estaduais / Estatísticas de acidentes no Amapá / Acidentes nas rodovias federais do Amapá de 2007 a 2011


Menu à esquerda




Evolução dos acidentes nas rodovias federais do Amapá de 2007 a 2011

Entre 2007 e 2010 o número de acidentes nas rodovias federais do Amapá cresceu 8%, passando de 150 para 162 acidentes.

Vítimas: no mesmo período houve redução de 20% no número de vítimas fatais, de 15 para 12 mortos. Após queda de 40% entre 2007 e 2009, o número de mortos aumentou 33% em 2010.Reduções contínuas, entre 2008 e 2010 (14%), no número de vítimas (mortos e feridos) de acidentes.

Pedestres: não há registro de pedestre morto de em 2010.Entre 2007 e 2010 houve redução de 17% no número de pedestres vítimas de acidentes de trânsito nas rodovias federais do Estado.

Motociclistas: após redução de 60% entre 2008 e 2009, o número de motociclistas mortos, aumentou 50% em 2010. Entre 2008 e 2010,o número de vítimas de acidentes da categoria, cresceu 61%. O envolvimento de motocicletas em acidentes, entre 2007 e 2010, aumentou 71%.

Ciclistas: após crescimento contínuo entre 2007 e 2009 (83%), houve redução de 9% de ciclistas vítimas de acidentes, em 2010, nas rodovias federais do Amapá.

Os dados aqui apresentados foram extraídos dos Anuários Estatísticos de Acidentes de Trânsito nas Rodovias Federais- PRF/DNIT, publicados no portal do DNIT.

Gráfico 1: evolução do número de mortos em acidentes nas rodovias federais do Amapá, entre 2007 e 2010.

Graf1mortosAP

Comentário: Entre 2007 e 2010 o número de mortos em acidentes nas rodovias federais do Estado do Amapá diminuiu em 20%, caindo de 15 para 12. Observa-se uma redução anual entre 2007 e 2009 e um aumento em 2010.

Tabela 1: dados sobre o estado físico das pessoas envolvidas em acidentes nas rodovias federais do Amapá no mesmo período.

Tab1envolAP

Gráfico 2: distribuição dos mortos em acidentes de trânsito, segundo o tipo de usuário, nas rodovias federais do Amapá, entre 2007 e 2010.

Graf2mortosusuAP

Comentários: Observa-se queda do número de motocicletas mortos entre 2008 e 2009 e aumento em 2010.

Tabela 2: vítimas fatais em acidentes de trânsito , segundo o tipo de usuário, nas rodovias federais do Amapá.

Tab2mortosusuAP

Nota: A categoria motociclistas foi introduzida neste quadro a partir de 2008.

Gráfico 3: distribuição do número das vítimas de acidentes de trânsito (mortos e feridos), nas rodovias federais do Amapá, entre 2007 e 2010.

Garf3vitusuAP

Comentário: Observa-se redução no número de vítimas entre 2009 e 2010, exceto para os motociclistas, com crescimento de 26%.

Tabela 3: dados numéricos correspondentes ao gráfico 3

Tab3vitususAP

Tabela 4: distribuição do número de acidentes nas rodovias federais do Amapá, segundo a gravidade da ocorrência.

Tab4acgravAP

Comentário: Entre 2007 e 2010 o número de acidentes nas rodovias federais do Estado cresceu em 8%.

Tabela 5: veículos envolvidos em acidentes nas rodovias federais do Amapá segundo a finalidade do veículo

Tab5veicenvolAP

Comentários:

1- Entre 2007 e 2010 o número de veículos envolvidos em acidentes cresceu em 19%. No mesmo período, o acréscimo no número de motocicletas envolvidas foi de 71% e de veículos de passeio, de 56%;

2- Redução, entre 2007 e 2010, no envolvimento de veículos de carga (49%) e de coletivos (50%).

palavras-chave: Estatística, acidente, trânsito, rodovia, federal, PRF, DNIT, morto, ferido, vítima, evolução, 2007, 2010.